HOME WHO IS? / QUEM É? LIVROS TRABALHOS DE BRESSER OUTROS AUTORES NOVO DESENVOLVIMENTISMO
BONS FILMES QUE VI BONS ARTIGOS QUE LI AÇÕES / MINISTÉRIOS REFORMA GERENCIAL DO ESTADO FALE CONOSCO
 
  Tipos de trabalhos  
 

Livros
Livros na íntegra
Livros organizados (edited)
Papers
Pequenos textos, prefácios, etc.
Texto para Discussão
Artigos de jornal & Entrevistas
Principais Entrevistas
Notas no Facebook
Cartas
Críticas de Cinema
Documentos & Relatórios
Programas / Syllabus
Apresentações / Slides
Vídeos e Áudios

Quem é/Who is

A guide to my work
Currículos / CVs
Biografias Breves/Short biographies
Textos autobiográficos
Sobre Bresser-Pereira

Outros idiomas

Works in English (except weekly columns)
Weekly Columns
Oeuvres en Français
Trabajos en Español

Método, história intelectual e perfis

Método científico
História intelectual
Perfis individuais

Novo Desenvolvimentismo

Novo Desenvolvimentismo (textos básicos)
Desenvolvimentismo Clássico (textos básicos)
Novo Desenvolvimentismo (economia política)
Novo Desenvolvimentismo (teoria econômica)
Novo Desenvolvimentismo (contribuições e críticas de terceiros)

Teoria Social

Teoria social - textos básicos
Teoria social (todos)
Capitalismo e modernidade
Classes e tecnoburocracia
Revolução Capitalista e ...
Revoluções, Revoltas e Movimentos
Globalização
Organização administração
Estatismo e URSS

Teoria Política

Teoria política - textos básicos
Teoria política (todos)
Teoria do Estado
Sociedade civil
Republicanismo e direitos de cidadania
Teoria da Democracia
Ciclos do Estado
Populismo político e econômico
Nação e nacionalismo
Social democracia e esquerda
Neoliberalismo e globalismo

Teoria Econômica

Teoria econômica - Textos básicos
Teoria econômica (todos)
Teoria do Desenvolvimento Econômico
Crítica da teoria neoclássica
Desigualdade e Distribuição
Teoria macroeconômica
Política e Economia
Câmbio e poupança externa
Câmbio e Doença Holandesa
Câmbio e crescimento
Crises econômico-financeiras
Dívida externa
Investimentos e taxa de lucro
Inflação
Inflação inercial
Comércio e integração

Reforma Gerencial do Estado

Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil
Managerial Reform (English)
Reforma Gerencial - Terceiros
Plano Diretor e Emenda Constitucional
Outras leis e documentos básicos
Leis das Organizações Sociais
Cadernos MARE

Mundo - Economia e Política

Relações internacionais
Economia mundial
Crise global de 2008
América Latina
Argentina
Estados Unidos
Europa

Brasil - Sociedade e Política

Interpretações do Brasil
Pactos políticos e coalizões de classes - Br
Democracia no Brasil
Teoria da Dependência
Política Externa - Br
Burocracia pública - Br
Empresários e administradores - Br
Reforma da universidade

Brasil - Economia

Desenvolvimento econômico - Br
Macroeconomia do Brasil
Populismo econômico - Br
Desindustrialização - Br
Crise fiscal do Estado - Br
Planos de estabilização - Br
Plano Bresser
Desigualdade e política social

Conjuntura

Br.: Conjuntura Política
Br.: Conjuntura Econômica

Ações / Ministérios

MARE - Reforma do Estado
Ministério da Fazenda
Plano Bresser
MCT Ministério da Ciência & Tecnologia
Fundação Getulio Vargas, São Paulo

Outros autores

Bons artigos que li recentemente
Sobre a Reforma Gerencial
Cursos
Debate sobre "Crescimento com Estabilidade"(2001)

Reforma Gerencial do Estado


Trabalhos de Bresser-Pereira
Managerial Reform
América Latina: Declaração de Madri (Clad)

Documentos sobre a Reforma Gerencial

Plano Diretor e Emenda Constitucional
Outras leis e documentos básicos
Leis sobre Organizações Sociais
Cadernos MARE

Trabalhos de terceiros sobre a Reforma Gerencial

Trabalhos Gerais
Agências Executivas e Reguladoras
Recursos Humanos
Organizações Sociais
Trabalhos sobre Direito Administrativo
Gestão da Saúde
Gestão da Educação
Implementação Nível Federal
Implementação São Paulo
Implementação Minas Gerais
Implementação Outros Estados
Bibliografia da Reforma da Gestão Pública
 
 
 
2016. With José Luis Oreiro e Nelson Marconi (2016). Our more complete analysis of Developmental Macroeconomics - the central economic theory within New Developmentalism. (book)

2016. Entre as 100 revistas acadêmicas brasileiras mais citadas no Google Scholar a Revista de Economia Política é a única revista de economia citada e a segunda revista mais citada entre as revistas de ciências sociais em geral.
2016. Classic Developmentalism and New Developmentalism are theoretical frameworks. Don't mix them with really existing developmentalisms, as national-developmentalism and social developmentalism. English version available(Paper, Revista de Economia Política)
 
 
2016. The is my best presentation summarizing new developmentalism and its developmental macroeconomics. (Slides in the 1st International Worskhop on New Developmentalism) 2016. Developmentalism is the default form or economic and political organization of capitalism. Its alternative is economic liberaIn. Capitalism began developmental, turn into liberal, and returned to developmentalism with the New Deal and the Golden Years. (Paper)

 


   
         
A Construção Política do Brasil
2014. An encompassing analysis of Brazil's society, economy and politics since the Independence....
  Developmental Macroeconomics
2014. With Nelson Marconi and José Luís Oreiro. Developmental Macroeconomics is a book on developmen...
  Macroeconomia Desenvolvimentista
Macroeconomia Desenvolvimentista, com José Luis Oreiro e Nelson Marconi (Rio de Janeiro: Elsevier, 2016), é uma tradução substancialmente melhorada (porque é um work in progress) de Developmental Macroeconomics (Londres: Routledge 2014). Este livro sistematiza a teoria econômica do Novo Desenvolvimentismo – uma abordagem teórica mais ampla que contém também uma economia política e um método.




 
filmes cotados: 1342
 
'Dies Irae (Dia de Ódio)' (Karl Theodore Dreyer, escr. (1943) Dinamarca Escr: Poul Knudsen c/ Thorkild Roose, Lisbeth Movin, Sigrid Neiiendam ) Ser bruxa podia significar liberdade em um século XVII sombrio e cheio de Ódio, na Dinamarca.

'Meu Rei' (Maïwenn, escr. (2015) França Escr: Etienne Comar c/ Vincent Cassel, Emmanuelle Bercot, Louis Garrel) Amor não pode ser dependência, nem dominação.

'Aquarius' (Kleber Mendonça Filho, escr (2016) Brasil c/ Sônia Braga, Júlia Bernat, Humberto Carrão) Uma mulher firme e corajosa contra o establishment e sua lógica imoral baseada apenas no dinheiro.

'Loucas de Alegria (La Pazza Gioia)' (Paolo Virzì, escr (2016) Itália Escr: Francesca Archibugi c/ Valeria Bruni Tedeschi, Micaela Ramazzotti, Valentina Carnelutti ) É preciso que cuidemos de nossa própria loucura.

'Café Society' (Woody Allen, escr (2016) EUA / Jesse Eisenberg, Steve Carell, Sheryl Lee, Todd Weeks (Oscar), Paul Schackman (Al)) Sempre temos ilusões, mas nossa vida é aquela que podemos construir.

 
     
Aldo Ferrer e a densidade de ser
2016. Una amistad de más de 30 años que nace a partir de la función pública y la integración regional y se fortalece desde la misma mirada ideológica y política. La lucha contra el liberalismo económico y por un nuevo desarrollismo llevará a una constante labor de enseñanza y divulgación de los principios fundamentales que les permitan a las naciones del Cono Sur vivir con sus propios recursos y alcanzar el desarrollo con inclusión.

New developmentalism and developmental macroeconomics
2016. The is my best presentation summarizing new developmentalism and its developmental macroeconomics. (Slides in the 1st International Worskhop on New Developmentalism)

Du développementisme classique au nouveau développementisme
2016. Avec Eric Berr. A brief article relating New Developmentalism and economic growth. In French, in edited book to be published.

Reflecting on New Developmentalism and classical developmentalism
2015. New Developmentalism is a theory that must be distinguished from really existing forms of developmentalism. It was preceded by Classical Developmentalism. Social-developmentalism is a version of the later characterized by a high preference for immediate consumption. Portuguese version available (Paper)

 
Alternativa ao congelamento de gastos
2016. Como estabelecer uma maior disciplina fiscal? Aprovando uma emenda que estabeleça um limite para despesa pública em termos de porcentagem do PIB, usando-se como parâmetro a porcentagem verificada nos últimos dois anos. Toda a despesa pública estaria nessa porcentagem, inclusive os juros pagos. (Article: Folha)

Perdemos a ideia de nação
2016. Bresser-Pereira mostra que o ódio da classe média às medidas para diminuir as desigualdades, somadas a erros do governo, levaram ao impeachment. Ele critica a atual política econômica, que nada faz para conter os juros e desvalorizar o câmbio, mas prevê uma ruptura entre Temer e o PSDB. (Entrevista de Mauricio Puls)

A reconstrução do Brasil: regra fiscal e desindexação são essenciais
2016. A desindexação da economia é fundamental e o Estado deveria ser proibido de firmar contratos baseados em índices, muito embora possa permitir correções pela inflação. (Entrevista a Ricardo Leopoldo)

O fundo do poço ainda está distante
2016. Com Thiago Moreira. A inação do governo em socorrer com crédito as empresas é outro fator que irá retardar a recuperação econômica (article: Valor).

Entrevista
2016. Entrevista com Bresser-Pereira onde ele deu a sua opinião sobre os governos Dilma e Temer, impeachment, Operação Lava Jato e falou até de cinema.

 
Medo e arrogância na vida pública
1999. A política é a arte do bem comum, é a arte da persuasão, é a arte da liderança, e é a arte do compromisso. Em qualquer hipótese, é a arte de tomar decisões em situação de incerteza, tendo em vista a conservação do poder e a realização do bem comum.

A intolerância só nos prejudica
2016. Políticos opositores as reformas sociais criaram um clima de intolerância na política com propósitos egoístas de derrubar um governo democrático com a ajuda de uma parcela da sociedade alheia aos problemas políticos do país e suscetíveis ao discurso do ódio contra grupos sociais historicamente marginalizados.

Prefácio a Desenvolvimento numa Perspectiva Keynesiana
2016. Oreiro writes an excellent summary-analysis of the development macroeconomics models before the New Developmental model to which he is one of the main contributors. (Preface)

Onde foi que erramos? Quando e por que a economia saiu da rota
2016. In the recent past liberals (1990-2002) as well as developmentalists (2003-2014) failed in overcoming the quasi-stagnation that defines the Brazilian economy since 1980. New developmentalism offers a short and a long-term alternative. (Large essay in Folha de S.Paulo)

Aldo Ferrer
8.3.2016

 
     
Brasil deve ter uma meta de câmbio
2016. A meta que o Brasil precisa ter é um superavit em conta corrente de 1% do PIB, ou seja, ter responsabilidade fiscal e responsabilidade cambial.

Brasil de Fato entrevista
2016. Entrevista concedida ao site de notícias TV Brasil de Fato sobre a crise política.

E agora?
2016. Twelve years of liberal administration (1990-2002) and twelve years of developmental administration (2003-2014). None was able to return to the high growth of 1930-1980. The Brazilian elites are lost. (Short interview)

Porque o Brasil parou de crescer
Bresser-Pereira analisa as razões que não permitem que o Brasil cresça, na sua opinião, o tanto que deveria. (Entrevista para Maria Cristina Poli, Canal UM Brasil)

Discussão nacional
2016. Entrevista ao Programa Discussão Nacional.

 
Reflecting on New Developmentalism and classical developmentalism
2015. New Developmentalism is a theory that must be distinguished from really existing forms of developmentalism. It was preceded by Classical Developmentalism. Social-developmentalism is a version of the later characterized by a high preference for immediate consumption. Portuguese version available (Paper)

Industrial policy and exchange rate skepticism
2015. With Fernando Rugitsky. Classical Developmentalism (Prebisch et al.) was skeptical in relation to exchange rate policy, preferring industrial policy on the form of high import taxes, while for New Developmentalism the neutralization of the tendency to the cyclical and chronic overvaluation of the exchange rate is the key policy to be adopted. (Paper to be published)

 
Teoria do Estado Moderno
2016, com Claudio Couto. Curso que visa oferecer aos alunos uma visão resumida da formação dos estados-nação e da teoria do Estado moderno

Macroeconomia do Desenvolvimento
Com Nelson Marconi e Marcio Holland. (2o. semestre de 2016).

Teoria do Estado e Desenvolvimento
Luiz Carlos Bresser-Pereira, Kurt von Mettenheim e José Marcio Rego (1o. semestre 2016) O objetivo do curso é relacionar a teoria do Estado e do estado-nação com o desenvolvimento econômico.

Teoria do Estado Moderno
2015, 2o. semestre, com Claudio Couto. O objetivo do curso é oferecer aos alunos uma visão resumida da formação dos estados-nação e da teoria do Estado moderno.

Teoria do Estado e Desenvolvimento Econômico
1o. semestre 2015. Com Kurt von Mettenheim e José Marcio Rego.

Teoria do Estado Moderno
2014, 2o. semestre, com Claudio Couto. O objetivo desse curso é oferecer aos alunos uma visão resumida da formação dos estados-nação e da teoria do Estado moderno.

Macroeconomia do desenvolvimento
2014 (1o. semestre), com Nelson Marconi e Laura Barbosa de Carvalho. O curso visa apresentar aos alunos a macroeconomia estruturalista do desenvolvimento e a estratégia nacional de desenvolvimento correspondente: o novo desenvolvimentismo.

Estado e desenvolvimento econômico
1o. semestre 2014, com Kurt von Mettenheim e José Marcio Rego. O objetivo do curso é discutir os conceitos de Estado, desenvolvimento ou progresso e o crescimento econômico. É um curso de teoria política que adota uma abordagem teórica e histórica.

 
New developmentalism and developmental macroeconomics
2016. The is my best presentation summarizing new developmentalism and its developmental macroeconomics. (Slides in the 1st International Worskhop on New Developmentalism)

Por que o Novo Desenvolvimentismo?
2016. (Slide presentation).

Developmental macroeconomics and new developmentalism
A slide presentation. To the moment, it is my best summary of Developmental Macroeconomics. (Special session in the Bilbao Post-Keynesian Conference, June 2016)

The current crisis in Brazil
2016 (Slide presentation).

After the failure of the developmental state, the liberal state
2016 (Slide presentation)

 

A Construção Política do Brasil

2014. An encompassing analysis of Brazil's society, economy and politics since the Independence. A national-dependent interpretation. Three historical cycles of the relation state-society: State and Territorial Integration Cycle (1822-1929), Nation and Development Cycle (1930-1977) and Democracy and Social Justice Cycle (1977-2010). Crisis since then. (Book: Editora 34)


Developmental Macroeconomics

2014. With Nelson Marconi and José Luís Oreiro. Developmental Macroeconomics is a book on development macroeconomics associated with New Developmentalism. In its core are the exchange rate and the current account, instead of the budget deficit and the interest rate. (Book: Routledge)


Globalization and Competition

2010. Why some middle income countries catch up while others do not. Behind new developmentalism this book drafts a structuralist development macroeconomics in which the exchange rate plays a strategic role. (Book: Cambridge University Press).


Globalização e Competição

2009. Why some middle income countries catch up while others do not. Behind new developmentalism this book drafts a structuralist development macroeconomics in which the exchange rate plays a strategic role. (Book: Elsevier).


Globalización y Competencia

2010. Why some middle income countries catch up while others do not. Behind new developmentalism this book drafts a structuralist development macroeconomics in which the exchange rate plays a strategic role. (Book: Siglo XXI).


Mondialisation et compétition

2009. Why some middle income countries catch up while others do not. Behind new developmentalism this book drafts a structuralist development macroeconomics in which the exchange rate plays a strategic role. (Book: Éditions La Découverte)


Construindo o Estado Republicano

2009. Este livro discute, do ponto de vista histórico, a construção de um "Estado republicano", ou seja, um Estado forte e capaz, dotado de legitimidade democrática e de eficiência administrativa, e apto a se defender contra indivíduos e grupos poderosos que buscam capturá-lo ou privatizá-lo. Em inglês "Democracy and Public Management Reform". (Book: Editora FGV)


Developing Brazil - Overcoming the Failure of the Washington Consensus

2009. An encompassing analysis of the Brazilian macroeconomic system; a first presentation of the developmental macroeconomics. Why Brazil failed to grow fast after the Real Plan. English version available. The high interest-overvalued currency trap. (This book is an atualized version of Macroeconomia da Estagnação)


Macroeconomia da Estagnação: crítica da ortodoxia convencional no Brasil pós-1994

2007. An encompassing analysis of the Brazilian macroeconomic system; a first presentation of the developmental macroeconomics. Why Brazil failed to grow fast after the Real Plan. English version available. (Book: Editora 34) Developing Brazil is an atualized version of this book


Desenvolvimento e Crise no Brasil (5a. edição)

2003. The patterns of economic development and the political pacts in Brazil from Vargas (1930) to Lula (2003). 5th revised edition almost doubling the size of the book. English version available. (Book: Editora 34)


Economic Reforms in New Democracies

1993. With Adam Przeworski and José María Maravall. A social democratic approach and also a crisis of the state approach to economic reforms in new democracies. Portuguese and Spanish versions available. (Book: Cambridge University Press).


As Revoluções Utópicas dos Anos 60

1972/2006. Two essays on the 1960s' utopic revolutions: the 1968 student revolution, and the poltical revolution of the Catholic Church. Introduction to the third edition on "The counter-revolution of our time". (Book: Editora 34 3rd. edition of 1972 book)

 
 

 

© Direitos Autorais Bresser-Pereira
São Paulo - SP | ceciliaheise46@gmail.com

 

Desenvolvido pela E-Xis | www.e-xis.com.br