The Political Construction of Brazil

2017. An encompassing analysis of Brazil’s society, economy and politics since the Independence. A national-dependent interpretation. Three historical cycles of the relation state-society: State and Territorial Integration Cycle (1822-1929), Nation and Development Cycle (1930-1977) and Democracy and Social Justice Cycle (1977-2010). Crisis since then. (Book: Lynne Rienner Publishers)

Mais informações

Macroeconomia Desenvolvimentista

2016. With José Luis Oreiro e Nelson Marconi. Our more complete analysis of Developmental Macroeconomics – the central economic theory within New Developmentalism. (book)

Mais informações

Bons artigos que li recentemente


Documentos 2761 a 2791 de 2791



País quer acesso ao mercado americano, com ou sem Alca

2005. Ministro Celso Amorim fala sobre a ALCA e avisa que o interesse maior do Brasil é pelo acesso ao mercado americano. (Folha de S.Paulo)



Lá e Cá

2004. Joaquim Falcão. Perdemos a capacidade e a autonomia cultural de criticar os exclusivismos monetários da política macroeconômica.



Rentistas Brasileiros no Exterior

2004. Luís Nassif wrote three excellent articles on how the Brazilian rent-seekers send money abroad and then lend to Brazil at huge interest rates. An old practice (Article: Folha de S.Paulo).



O Ultimo Vôo da Garça

2004. Luis Nassif. It is necessary to acknowledge that the rentier model (or the high basic interest rate) is exhausted. (Article in FSP)



FHC e a Questão da Dívida Pública

2004. The public debt continues to grow despite high primary surplus. FHC, in his interview to Primeira Leitura acknowleges that political problem involved achieved a limit and requires solution. (Article in FSP)



O New Vira Lata

2004. Marcos Augusto Gonçalves. Modern anti-nationalism. Low self-steem. (Article: FSP)



Mais Verdades sobre os Bingos

2004. The corruption involved in the bingo business well described. (Article: Folha de S.Paulo)



Heróis do Estado de Direito

2004. Paulo Sergio Pinheiro describes the advances achieved in the fight of slave labor in Brazil. (Article in Folha de S.Paulo)



Lula Cumpre tudo o que Não Prometeu

2003. "Lula makes everything that he did not promiss". A sad protrait of Brazilian elites. (Article of Marcelo Coelho: Folha de S.Paulo)



Eris defende inflação maior para juro cair

2003. Em entrevista à Folha de S.Paulo, Ibrahim Eris afirma que taxa real tem de diminuir para 3% a 5% no período de 12 a 24 meses.



Chutando a Escada

2003. Two excellent interviews by Ha-Joon Chang, from Cambridge University, to the Brazilian midia, criticizing rich countries.



Um Homem Público

2003. José Serra homenageia André Franco Montoro. (Folha de S.Paulo)



País ainda está longe da retomada

2003. Para economista, governo reverteu crise de confiança, mas está fora da rota do crescimento



Um Banqueiro contra os Juros

2003. Joaquim Elói de Toledo diz, em entrevista a Isto É Dinheiro, que juros altos causam inflação e são ruins até para o sistema financeiro, pois geral a desconfiança de um calote.



Uso do Câmbio para Gerar Crescimento

2003. Em entrevista ao Valor Econômico (9.9.2003), Yoshiaki Nakano mostra a importância da taxa de câmbio para o desenvolvimento.



Alcântara e o Servilismo Voluntário

2003. Rogério Cerqueira Leite. É tão fácil ao devoto realizar os desejos do altíssimo. Basta desviar recursos financeiros para programas inócuos



Agricultura na OMC pode ser Armadilha

2003. Robert Wade. Os negociadores dos países em desenvolvimento em Cancún e nas reuniões posteriores deveriam estar coordenando seus esforços a fim de garantir maior latitude para as políticas de desenvolvimento de seus países, e não apenas um maior acesso a mercados.



Mediocridade

2003. Mangabeira Unger. Nothing worst to a nation than to stop thinking (Folha de S.Paulo).



Muito Além da Planilha

2003. Luís Nassif. The exchange rate, and how to use economic models competently. (FSP)



Reforma Agrária Segundo Souza Martins

2003. José de Souza Martins. The outstandig Brazilian sociologist says that the agrarian reform agenda is not ended. (Entrevista a FSP)



Da Garoa à Mistificação do Emprego

2003. José Eli Veiga corrects the Dieese-Seade unemployment index, that was for years mistaken. (Valor)



Como ficar menos vulnerável

Celso Pinto comments on the paper by Bresser-Pereira and Yoshiaki Nakano, "Economic Growth with Foreign Savings?", not yet published.



O processo de modernização do Inmetro - relato de uma experiência

2002. Ricardo de Oliveira. A intenção do autor é mostrar que é possível avançar na implantação de modernos princípios de gestão em instituição pública brasileira, mesmo em um quadro de fortes restrições. (Paper: Revista do Serviço Público).



A proposta Bresser-Nakano para o futuro da política econômica

2002. Francisco Lopes. Comments to Bresser-Pereira and Nakano paper, "Uma estratégia de crescimento com estabilidade", which circulated in the Internet before being published in Revista de Economia Política Vol.22, 3 (87) 2002.



Comentários a Uma estratégia de desenvolvimento com estabilidade

2002. Comentários de Edmar Bacha sobre o artigo de Bresser-Pereira e Nakano.





Bobbio defende compromisso entre liberalismo e socialismo (Folha, 05.12.94)

1993. Bresser-Pereira interviews Norberto Bobbio on social-liberalism, etc. Folha de S. Paulo, Mais!, 5.12.1994



Regulação econômica e formas de propriedade

1981. Rabah Benakouche: a critical survey of Estado e Subdesenvolvimento Industrializado. (Paper: Revista Educação Sociedade)



É hora de partir

2005. Paul Krugman diz que é hora de partir do Iraque.



Discurso do Presidente Fernando Henrique Cardoso

2001. Principais trechos do discurso pronunciado na cerimônia de formatura dos alunos do Instituto Rio Branco, conforme publicação em O Estado de S. Paulo.



Minha formação (por dez filósofos)

2003. Three questions on the influences and present interests of 10 phylosophers: Richard Rorty, Bento Prado, Paulo Ghiraldeli, Clement Rosset, Ernildo Stein, Luiz Alfredo Garcia-Roza, Antonio Negri, Jürgen Habermas, Sergio Paulo Rouanet, e Maria Sylvia de Carvalho Franco. (Folha de S. Paulo - Mais!)




Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com