PUBLICIDADE  
 
 
 
HOME SOBRE BRESSER-PEREIRA PÁGINA NO FACEBOOK
BONS ARTIGOS QUE LI BONS FILMES QUE ASSISTI

BRAZILIAN JOURNAL OF POLITICAL ECONOMY

OLHAR O MUNDO FALE CONOSCO
 
  Tipos de trabalhos  
 

Quem é/Who is

A guide to my work
Currículos / CVs
Short cv & bio
Textos autobiográficos
Textos sobre Bresser-Pereira





Livros

Livros
Livros na íntegra
Livros organizados (edited)

Trabalhos acadêmicos

Papers
Pequenos textos, prefácios, etc.
Texto para Discussão
Apresentações / Slides
Programas / Syllabus
Documentos & Relatórios

Trabalhos na midia

Artigos de jornal
Entrevistas
Notas no Facebook
Vídeos e Áudios

Método, perfis, outros

Método científico
Cartas
Perfis de pessoas
Críticas de Cinema

Outros idiomas

Works in English
Oeuvres en Français
Trabajos en Español

Novo Desenvolvimentismo

Novo Desenvolvimentismo (textos básicos)
Desenvolvimentismo Clássico (textos básicos)
Novo Desenvolvimentismo (economia política)
Novo Desenvolvimentismo (teoria econômica)
Novo Desenvolvimentismo (aplicado)
Novo Desenvolvimentismo (contribuições e críticas de terceiros)

Sociedade-Capitalismo

Teoria social - textos básicos
Teoria social (todos)
Capitalismo e modernidade
Classes e tecnoburocracia
Revolução Capitalista e ...
Revoluções, Revoltas e Movimentos
Globalização
Organização administração
Estatismo e URSS

Política

Teoria política - textos básicos
Teoria política (todos)
Teoria do Estado
Sociedade civil
Republicanismo e direitos de cidadania
Teoria da Democracia
Ciclos do Estado
Populismo político e econômico
Nação e nacionalismo
Social democracia e esquerda
Neoliberalismo e globalismo

Política brasileira

Interpretações do Brasil
Pactos políticos e coalizões de classes
Democracia no Brasil
Teoria da Dependência
História intelectual
Política Externa
Burocracia pública
Empresários e administradores
Reforma da universidade
Conjuntura Política
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial do Brasil

Economia

Teoria econômica - Textos básicos
Teoria econômica (todos)
Teoria do Desenvolvimento Econômico
Crítica da teoria neoclássica
Desigualdade e Distribuição
Teoria macroeconômica
Política e Economia
Câmbio e poupança externa
Câmbio e Doença Holandesa
Câmbio e crescimento
Crises econômico-financeiras
Dívida externa
Investimentos e taxa de lucro
Inflação
Inflação inercial
Comércio e integração
Economia mundial
Crise global de 2008

Economia brasileira

Economia brasileira até 1979
Economia brasileira 1980-2002
Economia brasileira desde 2003
Quase-estagnação desde 1980
Populismo econômico
Desindustrialização
Crise fiscal do Estado
Planos de estabilização
Plano Bresser

Países e regiões

Relações internacionais
América Latina
Argentina
Estados Unidos
Europa

Trabalhos de terceiros

Bons artigos que li recentemente
Reforma Gerencial - Terceiros
Cursos
Debate sobre "Crescimento com Estabilidade"(2001)
Projeto Brasil Nação - Notícias e Comentários

Ações / Ministérios

Ministério da Fazenda
Plano Bresser
MCT Ministério da Ciência & Tecnologia
Fundação Getulio Vargas, São Paulo

MARE - Ministério da Reforma do Estado

Documentos da Reforma
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil
Reforma Gerencial - Terceiros
Agências Executivas e Reguladoras
Organizações Sociais
Gestão da Saúde
Gestão da Educação
Implementação Nível Federal
Implementação São Paulo
Implementação Minas Gerais
Implementação Outros Estados
Bibliografia da Reforma da Gestão Pública
Cadernos MARE
América Latina: Declaração de Madri (Clad)
Leis sobre Organizações Sociais
 
 
 

 

Pequenos textos, prefácios, etc.
Aqui encontram-se todos os trabalhos que não são papers ou artigo de jornal.

 
  Documentos 61 a 120 de 313
<< Primeira página < Página anterior
O governo Dilma frente ao tripé macroeconômico e à direita liberal e dependente
2013. O governo Dilma só será bem-sucedido se romper a armadilha de juros altos e câmbio sobreapreciado que caracteriza a política do "tripé macroeconômico" dominante no Brasil desde 1999. (Small paper: Novos Estudos).
A cultura do egoísmo na modernidade
2013. Qual o preço que é preciso pagar pela modernidade? Castoriadis, Lasch, Ignatieff, Loniztsa e Birman respondem. (Small paper)
A cultura do egoísmo na contemporaneidade
2013. Article
A graphic explanation on how a tax on exports neutralizes the Dutch disease without costs to exporters
2012. The adequate way of neutralizing the Dutch disease is the imposition of a variable tax on the export of the commodity that originates the disease.
Crise e recuperação da confiança
2012. Note.
Prefácio a Gestão Pública, de Ricardo de Oliveira
2012. Prefácio de Gestão Pública: Democracia e Eficiência.
La reestructuración de la deuda en Europa le dará fuerza a la Argentina
2012. La reestructuración de la deuda argentina es un claro ejemplo para Grecia y España (Nota: Tiempo Argentino)
Diálogo com a Unicamp sobre o novo desenvolvimentismo
2012. The necessary dialogue. (Exchange of leters with the developmental economists of Unicamp)
Prefácio: O Estado do Bem-Estar Social na Idade da Razão
In Kerstenetzky, Celia Lessa O Estado do Bem-Estar Social na Idade da Razão Elsevier Editora, Rio de Janeiro. 2012
The euro crisis: to think the unthinkable
2012. Five selected articles published in Folha de S. Paulo on the financial sovereign debt crisis.
Bresser-André Nassif sobre desindustrialização
2012. An e-mail conversation on the subject. The power of good theory.
Summing up structuralist development macroeconomics and new developmentalism
2012. A summary of the summary of structuralist development macroeconomics and new developmentalism. (Short paper: Challenge)
Políticos ou elites corruptas?
2012. A corrupção das elites políticas reflete a corrupção da elites econômicas da sociedade, e esta está correlacionada com o grau de seu desenvolvimento ou progresso. (Política Democrática).
Crise do euro, avanços no Brasil
2011. The Euro Zone faces a major crisis. It is trated as if it were a fiscal crisis but, actually, is a currency crisis. Meanwhile Brazil faces difficulties, but there is some progress in understanding the role of the exdhange rate. (Conference)
A crise do euro, uma moeda estrangeira
2012. Artigos publicados na imprensa, principalmente em minha coluna quinzenal na Folha de S. Paulo, entre 15.2.2010 e 5 de junho de 2012. Nesses artigos eu radicalizei a análise à medida em que fui compreendendo a gravidade da crise. O turning point para mim ocorreu quando, no artigo de 21 de novembro de 2011, dei-me conta de qual fora o erro fundamental dos países criadores do euro: eles substituíram suas moedas nacionais por uma moeda estrangeira.
The crisis of the euro, a foreign currency
2012. Articles published in the press, especially in my weekly column in Folha de S.Paulo, between February 15, 2010 and June 5, 2012. In these articles I radicalized the analysis to the extent that I understand the seriousness of the crisis. The turning point for me came when, in my article of November 21, 2011, I became aware of what had been the fundamental error of the creators of the euro: they replaced their national currencies with a foreign currency.
A Rede Desenvolvimentista e o novo desenvolvimentismo
2012. Intervenção no seminário, "Desenvolvimento e Crise Global: impactos no Brasil e na América Latina", da Rede Desenvolvimentista. (Notas para a intevenção)
Estratégia nem wage, nem export-led, mas novo-desenvolvimentista
2012. The export-led x wage-led alternative is false. After the short import substitution phase GDP and exports must grow at the same rate. (Short paper)
O caminho com meu irmão
2012. Speech in honor of my brother, Sylvio Luiz, in the launching of the scholarship with his name by the Instituto Cultural Lourenço Castanho.
Carta de Lenina Pomeranz
Lenina Pomeranz (2012). Carta sobre artigo "Será Putin tão 'mau' assim?
A aventura do pensamento de Antonio Barros de Castro
2011. Antonio Barros de Castro pensava o novo e pensava o Brasil com coragem e amor por seu país. (Article: Rumos).
Administração pública e de empresas: duas coisas muito diferentes
2010. Public and private adminstration should not be mixed up. They are very different disciplines. (Short article).
Reforma gerencial do Estado, teoria política e ensino da administração pública
2011. (Gestão & Políticas Públicas).
O empresário e o intelectual
2012. The Brazilian entrepreneur rejects the dependency claim that a national bourgeoisie cannot exist in Brazil, while for the dependency's intellectuals, only them think properly; the elites as well as the people think poorly. (Article: only in this website).
A aventura da administração pública
2011. Em 2012, teremos um novo curso de Graduação em Administração Pública na FGV-EAESP. Desde 1970 a EAESP vem contribuindo com a preparação de gerações de profissionais sintonizados com as transformações do Estado e com os desafios contemporâneos da Gestão Pública.
Prefácio: Burocracia e Participação
In Nassuno, Marianne, Burocracia e Participação: a gestão no orçamento de Porto Alegre, Vinhedo, Editora Horizonte, 2011.
Desenvolvimento e subdesenvolvimento no Brasil
2011. A summary of Brazil`s development. Why it became backward. How it eventually made its national and capitalist revolution and turned a middle income country. (Article in book edited by André Botelho and Lilia Moritz Schwarcz).
Prefácio à Segunda Edição
2011. O 'milagre alemão' e o desenvolvimento do Brasil (1949-2011)
September 11, ten years on
2011. A second essay on the consequences of the September 11th 2001 terrorist attack on the US - now ten years on. (Social Science Research Council website).
An account of new developmentalism and its structuralist macroeconomics
2011. A short account on how a new national development strategy (new developmentalism) and on the theory behind (structuralist development macroeconomics) were developed since the early 2000s. (Short essay)
Cuba e o socialismo possível
2011. The 1959 Cuban Revolution was a nationalist and a socialist revolution. In both cases it was only partially successful. (Article: Estudos Avançados).
Mercado financeiro nos anos neoliberais (Prefácio)
2011. Prefácio ao livro de José Jobson do Nascimento Arruda.
Uma escola de pensamento keynesiano-estruturalista no Brasil?
2011. A new Keynesian-structuralist school of thought is emerging in Brazil, formed by a Structuralist Development Macroeconomics that offers scientific explanation to New Developmentalism. (Paper: Revista de Economia Política).
É o Estado capaz de se autoreformar?
2011. Yes, the state is able to reform itself. Actually, it is doing this permanently. (Desigualdade & Diversidade)
Revolta no Oriente Médio e revolução capitalista
2011. The Arab peoples finally revolt. Pre-industrial countries, they fight for democracy and economic opportunity in countries dominanted by the "Ocident" - a classical eupheminism for the industrial empires the dominated the Near Orient since the 19th century. (Política Democrática)
O Brasil e o Novo Desenvolvimentismo
2011. New developmentalism is a national development strategy that implies fiscal and exchange rate responsibility. Brazil lacks the later. (Interesse Nacional).
Prefácio a Burocracia e Política no Brasil
Prefácio de Loureiro, Maria Rita, Abrucio, Fernando Luiz e Pacheco, Regina Silvia (Orgs.) Burocracia e Política no Brasil, Editora FGV, Rio de Janeiro. 2010.
Planejar é uma dinâmica que envolve diversos atores
2010. Economic planning today means to have a national development strategy to compete internationally. (Interview in book edited by João Sicsú and Luiz Cláudio Dias Reis)
Meu amigo Marcio e seus livros
2010. Depoimento para o Catálogo dos livros de Marcio Moreira Alves, 9.10.2010.
Principais trabalhos de Bresser-Pereira sobre taxa de câmbio e crescimento
2010. My main works relating the exchange rate with economic growth. (A bibliography, only in this website).
A macroeconomia estruturalista do desenvolvimento por trás do novo desenvolvimentismo - breve nota
2010. In Globalization and Competitiion, behind the "new developmentalism" (a national development strategy) there is a "structuralist development macroeconomics" . (Note to be published in this website)
Autonomia da administração pública em relação à administração de empresas
2010. Intervenção feita na Audiência Pública sobre as Diretrizes Curriculares para Curso de Graduação em Administração Pública e Políticas Públicas, realizada no Conselho Nacional de Educação do Ministério da Educação. Existe versão ampliada.
Taxa de câmbio, doença holandesa, e industrialização
2010. The Brazilian economy is undergoing deindustrialization due to a chronic overvaluation of the real. The structural development macroeconomics that I have been developing since the early 2000s explains why. (Cadernos FGV Projetos)
Somália, o país mais perigoso do mundo
2010. No Chifre da África, é possível compreender de forma brutal a lógica do imperialismo diante da tentativa dos movimentos islâmicos de construir um Estado-nação (Le Monde Diplomatique).Disponível versão mais completa publicada nesse website
Poupança externa e investimento (debate com o prof. Affonso Celso Pastore)
2010. The four articles of my debate with prof. Affonso Celso Pastore on whether or not "foreign savings" (current account deficits) contribute to investment and growth.
Democracy, social state and managerial reform
2010. The public management reform was required by the rise of the social or welfare state, and proved instrumental in legitimizing it in so far as it makes social and scientific services provided by the state efficient. Portuguese version available. (Article: Revista de Administração de Empresas)
Democracia, Estado social e reforma gerencial
2010. The public management reform was required by the rise of the social or welfare state, and proved instrumental in legitimizing it in so far as it makes social and scientific services provided by the state efficient.English version available. (Article: Revista de Administração de Empresas)
Keynesianismo vulgar y el neo-desarrollismo (La Onda, 02.10)
2010. With José Luís Oreiro. Populist Keynesians are for chronic public deficits. Keynes only supported budget deficits in recession moments, and to finance investment, not current expenditures. (Article: La Onda digital).
Keynesianismo vulgar e o Novo-desenvolvimentismo (Valor, 5.2.10)
2010. With José Luís Oreiro. Populist Keynesians are for chronic public deficits. Keynes only supported budget deficits in recession moments, and to finance investment, not current expenditures. (Article: Valor).
A insuficiente política econômica em resposta à crise financeira de 2008
2009 A discussion of the crisis and remedies for it. In early 2009, when this article was written, the reaction of policymakers appeared insufficient. Eventually, it was not.(Economia & Tecnologia. 2009).
Bureaucratie publique et réforme managériale. La réforme administrative Brésilienne de 1995
2010. The Brazilian public bureaucracy as well as the industrial bourgeoisie are out of the dominant political coalition since late 1980s. Yet, as it is engaged in the 1995 Managerial Reform (Revue Internationale de Politique Comparée).
Minha experiência no Ministério da Fazenda
2008. Exposição no seminário Desenvolvimento econômico: crescimento com distribuição de renda em comemoração aos 200 anos do Ministério da Fazenda, ESAF, Brasília, 8, 9 e 10 de setembro de 2008 publicado no livro 200 anos - Ministério da Fazenda: Os Ministros - Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010. pp. 47-58.
Agronegócio e desenvolvimento
2009. Ciclo de Debates promovido pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA), no segundo semestre de 2007, em comemoração aos seus 65 anos.
O mundo menos sombrio
2009. José Luís Fiori presents his pessimistic geopolitical approach to world affairs. Yet, in the times of globalization and democracy, a more optimistic approach is more realistic. (Resenha de Fiori, Medeiros e Serrano, O Mito do Colapso do Poder Americano).
Nação, sociedade civil, Estado e estado-nação: uma perspectiva histórica
2009. Nation and civil society are forms of politically organized societies, the state, the central institution, and the nation-state the basic territorial-political unity that the Capitalist Revolution originated. This article orginated "Estado, estado-nação e Revolução Capitalista" (2010). (Discussion paper EESP/FGV 189)
Do nacionalismo à dependência
2009. A review of a classical book on the intellectual history of Brazil. Written in a moment where nationalism was beign replaced by dependency interpretation. (Review of Carlos Guilherme Mota (1977 [2008]), Ideologia da Cultura Brasileira).
Reportagens e análises preciosas
2009. The economic journalist Celso Pinto was able to present in a simple way the complexities os economic performances and economic policies. Resenha de Os Desafios do Crescimento - Dos Militares a Lula, de Celso Pinto.
Dominação financeira e sua crise no quadro do capitalismo do conhecimento e do Estado democrático social
2008. The present global economic crisis happens in a finance based and knowledge capitalism where bright private technobureaucrats formed in the best MBAs enriched. (Estudos Avançados). Spanish version available
La dominacion financiera y su crisis
2008. The present global economic crisis happens in a finance based and knowledge capitalism where bright private technobureaucrats formed in the best MBAs enriched. (Umbrales de América del Sur). Versão disponível em Português
Tasks in building a New Bretton Woods (Website, 10.11.08)
2008. To avoid new global financial crisis it would be necessary to convene among nations a maximum current account deficit in relation to GDP that would be allowed to countries. (Article just published in this website)
 
<< Primeira página < Página anterior
 

 

© Direitos Autorais Bresser-Pereira
São Paulo - SP | ceciliaheise46@gmail.com

 

Desenvolvido pela E-Xis | www.e-xis.com.br