PUBLICIDADE  
 
 
 
HOME SOBRE BRESSER-PEREIRA PÁGINA NO FACEBOOK
BONS ARTIGOS QUE LI BONS FILMES QUE ASSISTI

BRAZILIAN JOURNAL OF POLITICAL ECONOMY

OLHAR O MUNDO FALE CONOSCO
 
  Tipos de trabalhos  
 

Quem é/Who is

A guide to my work
Currículos / CVs
Short cv & bio
Textos autobiográficos
Sobre Bresser-Pereira

Tipos de Trabalhos

Livros
Livros na íntegra
Livros organizados (edited)
Papers
Pequenos textos, prefácios, etc.
Texto para Discussão
Artigos de jornal & Entrevistas
Principais Entrevistas
Notas no Facebook
Cartas
Críticas de Cinema
Documentos & Relatórios
Programas / Syllabus
Apresentações / Slides
Vídeos e Áudios





Outros idiomas

Works in English
Weekly Columns
Oeuvres en Français
Trabajos en Español

Método

Método científico

Novo Desenvolvimentismo

Novo Desenvolvimentismo (textos básicos)
Desenvolvimentismo Clássico (textos básicos)
Novo Desenvolvimentismo (economia política)
Novo Desenvolvimentismo (teoria econômica)
Novo Desenvolvimentismo (aplicado)
Novo Desenvolvimentismo (contribuições e críticas de terceiros)

Sociedade-Capitalismo

Teoria social - textos básicos
Teoria social (todos)
Capitalismo e modernidade
Classes e tecnoburocracia
Revolução Capitalista e ...
Revoluções, Revoltas e Movimentos
Globalização
Organização administração
Estatismo e URSS

Política

Teoria política - textos básicos
Teoria política (todos)
Teoria do Estado
Sociedade civil
Republicanismo e direitos de cidadania
Teoria da Democracia
Ciclos do Estado
Populismo político e econômico
Nação e nacionalismo
Social democracia e esquerda
Neoliberalismo e globalismo
Interpretações do Brasil
Pactos políticos e coalizões de classes - Br
Democracia no Brasil
Teoria da Dependência
História intelectual
Perfis individuais
Política Externa - Br
Burocracia pública - Br
Empresários e administradores - Br
Reforma da universidade
Conjuntura Política - Br
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil

Economia

Teoria econômica - Textos básicos
Teoria econômica (todos)
Teoria do Desenvolvimento Econômico
Crítica da teoria neoclássica
Desigualdade e Distribuição
Teoria macroeconômica
Política e Economia
Câmbio e poupança externa
Câmbio e Doença Holandesa
Câmbio e crescimento
Crises econômico-financeiras
Dívida externa
Investimentos e taxa de lucro
Inflação
Inflação inercial
Comércio e integração
Economia mundial
Crise global de 2008
Desenvolvimento econômico - Br
Macroeconomia do Brasil
Populismo econômico - Br
Desindustrialização - Br
Crise fiscal do Estado - Br
Planos de estabilização - Br
Plano Bresser
Quase-estagnação desde 1980 - Br
Conjuntura Econômica - Br

Países e regiões

Relações internacionais
América Latina
Argentina
Estados Unidos
Europa

Trabalhos de terceiros

Bons artigos que li recentemente
Reforma Gerencial - Terceiros
Cursos
Debate sobre "Crescimento com Estabilidade"(2001)
Notícias e Comentários

Ações / Ministérios

Ministério da Fazenda
Plano Bresser
MCT Ministério da Ciência & Tecnologia
Fundação Getulio Vargas, São Paulo

MARE - Ministério da Reforma do Estado

Documentos da Reforma
Reforma Gerencial - Teoria
Reforma Gerencial - Brasil
Reforma Gerencial - Terceiros
Agências Executivas e Reguladoras
Organizações Sociais
Gestão da Saúde
Gestão da Educação
Implementação Nível Federal
Implementação São Paulo
Implementação Minas Gerais
Implementação Outros Estados
Bibliografia da Reforma da Gestão Pública
Cadernos MARE
América Latina: Declaração de Madri (Clad)
Leis sobre Organizações Sociais
 
 
 

 

Artigos de jornal & Entrevistas

       
  Documentos 1 a 29 de 29
A Argentina pode ter razão (folha, 12.12.04)
2004. Given the primarily bilateral character of Mercosul, a mechanism should be included in the agreement between Brazil and Argentina in case of trade unbalance. (Article: Folha de S.Paulo)
Fantasmas e crise moral (Folha, 06.12.04)
2004. The Lula administration faces a moral crisis as it did not honor its commitments on changing economic policy. And fears phantasms. (Article: Folha de S.Paulo)
Sempre na luta, exigindo reflexão (Valor, 26.11.04)
2004. Celso Furtado was the great Brazilian economist. (Article written in the moment of his deth, Valor)
Lessa era uma compensação ao desequilíbrio da política macro (Globo online, 23.11.04)
2004. Bresser-Pereira comments the book in his homage, Carlos Lessa's fall, new developmentalism, and his critique to conventional ortodoxy. (Interview: Globo on Line).
Significado de uma vitória (Folha, 22.11.04)
2004. José Serras election opens the opportunity for PSDB to discuss the ongoing incompetent macroeconomic policy . (Article: Folha de S.Paulo).
O falso império (Folha, 08.11.04)
2004. In the world of democracy and of the global system, there is no more place for empires. The US is a false empire. (article: Folha de S.Paulo)
Juros, as ameaças e a oportunidade (Folha, 25.10.04)
2004. The high basic interest rate (Selic) is today the basic obstacle to a true macroeconomic stabilization. (Article: Folha de S.Paulo).
O salto da poupança interna (Folha, 11.10.04)
2004. Between 1998 and 2003 foreign savings fell 5% and domestic savings increased correspondingly, financed by a reduction in real wages (brought by exchange rate depreciation) and a diminution of the budget deficit. (Article: Folha de S.Paulo)
Falta de reformas? (Folha, 27.09.04)
2004. Institutional reforms are required but are not the central priority in Brazil. (Article: Folha de S.Paulo)
Dualidades brasileiras (Valor, 24.09.04)
2004. Com José Marcio Rego. A more precise discussion of Ignacio Rangels dualist theory than our basic paper on Rangel, "Um mestre da economia brasileira: Ignacio Rangel". (Note: Valor)
O Novo Desenvolvimentismo (Folha, 19.09.04)
2004. New developmentalism compared with the old one and with conventional orthodoxy. (Article: Folha de S.Paulo)
7 de setembro e FMI (Folha, 13.09.04)
2004. Nacionalism is the ideology which, together with liberalism, cemented the modern nations. (Article: Folha de S.Paulo)
Objetivos possíveis (Folha, 30.08.04)
2004. Main economic objectives for Brazil and their viability. First regular column (every 14 days) in FSP-Dinheiro. (Article: Folha de S.Paulo).
Estranhas boas razões (Folha, 01.09.04)
2004. O nacionalismo é condenado aqui, mas os países ricos, encabeçados pelos EUA, continuam mais nacionalistas do que nunca. (Article: Folha de S.Paulo
O estadista brasileiro do século 20 (Folha, 22.08.04)
2004. Getúlio Vargas was populist in political but not in economic terms. He was Brazils major statesman in the 20th century. (Article: Folha de S.Paulo).
Macunaíma e Emília na terra do amanhã (Folha, 22.08.04)
2004. Brazil has a strong cultural but a poor national identity. Both identities are not necessarily correlated. (Article: Folha S.Paulo, Mais!).
O risco de depender de commodities (Gazeta Mercantil, 17.08.04)
2004. The risk involved in exporting commodites is to have the exchange rate basically determined by their costs - what may turn inviable to export manufactured goods with high added value. (Interview to Gazeta Mercantil)
Chutando a Escada (Folha, 04.07.04)
2004. Policies recommended by Washington are rather a reaction to the threat represented by the new industrial countries than a genuine contribution to their economic growth. Survey of the book of Ha-Joon Chang. (Article: Folha de S.Paulo)
O herói prudente (Website, 01.07.04)
2004. Short hommage to Dom José Maria Pires, bishop of João Pessoa between 1966 and 1995.
Sem projeto de nação (Folha, 23.05.04)
2004. A successful strategy of growth depends essentially on the existence of a concept of nation - a concept that has been lost, but can be recovered. (Article: Folha de S.Paulo)
Bresser Pereira alerta para ataque especulativo (Jornal do Brasil, 12.05.04)
2004.The speculative attack against the real lacks rationality. We had a 4% of GDP current account deficit, and now we are in equilibrium. (Interview to JB)
Um mundo mais inseguro (Folha, 04.04.04)
2004. One year after the Iraq war, the world is less safe, and the United States, weaker. (Article: Folha de S.Paulo, 4.4.04)
Desrazões do desastre (Folha, 21.03.04)
2004. Between 1980 and 1994 Brazil adjusted and reformed its economy. Since then a perverse macroeconomic policy kept the economy semi-stagnant. (Article: Folha de S.Paulo, Mais!)
O erro de extinguir o MARE
Escrevi este artigo como um artigo de jornal, mas, afinal, publiquei-o apenas neste meu site, www.bresserpereira.org.br.
A miséria das universidades (Folha, 09.02.04)
2004. [A universidade brasileira] pode e deve ser pública não-estatal, como é a universidade americana. (Article: Folha de S.Paulo)
Dr.Ulysses: O homem que pensou o Brasil
1993. Dr. Ulysses Guimarães was an outstanding public man. My personal and political relations with him. (Interview in the book Dr. Ulysses: O Homem que Pensou o Brasil).
Democrata, liberal e mais: socialista (Folha, 11.01.04)
2004. Pensador italiano, que morreu na última sexta-feira, tem sua obra analisada pelo economista Luiz Carlos Bresser Pereira e o professor de filosofia Roberto Romano. (Article: Folha de S.Paulo)
E a vontade política? (Folha, 09.01.04)
2004. The East and South East countries show that there is an alternative to the conventional orthodoxy which perpetuates macroeconomic instability in Brazil. (Article: Folha de S.Paulo)
Clarita, Claritinha, Clá (Website, 05.01.04)
2003. Hommage to my mother, Clarita, dead in 1990. Written to be read by the family in the 2003 Christmas. Includes four testimonies.
 
 

 

© Direitos Autorais Bresser-Pereira
São Paulo - SP | ceciliaheise46@gmail.com

 

Desenvolvido pela E-Xis | www.e-xis.com.br